Revista virtual de arte e cultura

Home / R.You  / A fotografia de nu do projeto corpora

A fotografia de nu do projeto corpora

“Desejamos, com nossas fotografias, fugir da banalização de um corpo-objeto. Incluímos em nosso trabalho corpos que tensionam a noção tradicional de gênero e que se afastam da dicotomia macho/fêmea, corpos construídos apartados de normatividade.”

Primeiramente: Fora Temer!

 

           Sobre nosso projeto, como síntese do seu conceito e anseios, escrevemos: “O Corpora é um projeto imagético que se debruça, numa vertente investigativa, nas questões fenomenológicas concernentes ao corpo, buscando através da fotografia caminhos para interpretações/diálogos – uma estética de geração da poética do corpo”.

 

           Sem parecer pedante – Roland Barthes frequentemente utiliza esse recurso – buscamos na língua latina uma palavra que expressasse algo que não conseguíamos fazer com nossa língua. Em latim, o substantivo corpus designa corpo. Corpora é seu plural, gênero neutro. Tal palavra traduz algo da nossa concepção de fotografia de corpos, da fotografia de corpos nus.

           Para nossa surpresa, em pleno século XXI, a nudez ainda é tabu (colecionamos críticas e reprimendas vindas de familiares e alguns amigos), o que é um pouco contraditório, visto que os “nudes” se tornaram corriqueiros no espaço virtual das redes sociais. Refletindo sobre o lugar do nu na contemporaneidade nos deparamos com as contradições de uma sociedade cristã educada a não externalizar desejos se conjugando ao exibicionismo desenfreado presente no universo digital, fato que desperta nossa curiosidade. Entretanto, que espécie de nu é o nu veiculado?

           Percebemos que o corpo feminino há muito fora explorado, hipersexualizado e objetificado. O corpo masculino, todavia, fora relegado ao esquecimento. O homem, orgulhoso do vigor e masculinidade do próprio pênis, foi levado a negar a nudez do outro, a negar outro corpo masculino nu que não o seu próprio.

           Cientes do papel intrínseco à arte de expandir os limites do comum, pensamos em corpos nus que revelem uma personalidade, uma força, algo pessoal e único. Não estando necessariamente alinhados à sensualidade, pensamos mais em valorizar os diversos corpos do que objetificá-los. Desejamos, com nossas fotografias, fugir da banalização de um corpo-objeto. Incluímos em nosso trabalho corpos que tensionam a noção tradicional de gênero e que se afastam da dicotomia macho/fêmea, corpos construídos apartados de normatividade. Em suma, em todos os corpos fotografados buscamos uma poética oculta, um reflexo do que há no íntimo do modelo fotografado, algo secreto desvelado através da fotografia.

           Outra característica presente é o estilo subjetivo e confessional que nos aproxima da fotografia do cotidiano. Nossas fotografias não são meticulosamente arquitetadas nem exageradamente planejadas. Com influência de Nan Goldin, Larry Clarck e Araki, acreditamos que a afetividade é capaz de ampliar as possibilidades comunicativas da tradicional estética fotográfica e comunicar algo.

 

           Recentemente reconhecemos um novo elemento em nossas fotografias, uma intenção de manter uma identidade baiana, um esforço em levar em nossas fotografias algo que seja próprio da nossa cultura, da nossa cidade. A Bahia nos oferece uma miríade de cores e formas, de matas, vegetação e cenários, praias e urbanidade, além de uma imensa variedade de corpos, fruto de um longo processo de miscigenação.

 

            Axé.

♦ Quem somos:

Sidney Summers – Bacharel em Artes. Especialista em Língua Portuguesa e Literatura Brasileira. Estudante de Letras Vernáculas. Fotógrafo e co-idealizador do Projeto Corpora.

Gabriela Carvalho – Estudante de Desenho Industrial. Fotógrafa, responsável pela edição das fotos e co-idealizadora do Projeto Corpora.

Carla Santos – Publicitária. Assistente de fotografia.

 

♦ Contribuíram conosco:

Igor Anjos – Designer. Presente em grande parte das conversas que antecederam o projeto. Amigo e criador do nosso primeiro vídeo.

Patrícia Martins – Bacharela em Artes. Fotógrafa amiga presente no ensaio de Flora.

(esperamos poder trabalhar juntos novamente!)

 

♦ Para acompanhar nosso trabalho:

Vídeo: http://vimeo.com/165936815

Site: www.projetocorpora.wix.com/projetocorpora

Instagram: www.instagram.com/corporamagazine

contato@rnottmagazine.com

Ei, artista! Você mesmo! Estamos procurando gente nova! Esse espaço é destinado a divulgar o trabalho dos novos nomes das artes, seja em música, artes visuais, literatura, o que for. Se você tem uma produção para mostrar ao mundo e quer estrelar uma de nossas edições, entre em contato conosco em contato@rnottmagazine.com

Review overview
NO COMMENTS

POST A COMMENT