Revista virtual de arte e cultura

Home / Editorial  / Primo Amore

Primo Amore

“Névoa-nada pode ser um modo bonito de descrever o amor-primo, matéria-prima das máscaras que moldamos para esquecer o menino que fomos, que sonhava ter uma banda de rock, conhecer e mudar o mundo, gritar, a plenos pulmões, para o cadáver da criança morta que adultos carregamos nas costas, gritar ao menino de quinze anos que já fomos, “não sei, não sei como você conseguiu, mas parabéns: você me salvou˜. O menino de quinze e o adulto de muitos que olha a guitarra empoeirada no canto da sala são, no fundo, feitos da mesma matéria-prima, o amor-primo, a cicatriz-palavra que não sabemos dizer. Já que não sabemos dizer, montamos uma banda de rock e estamos todo dia ensaiando este grito. Rock e amor são, no fundo, a mesma coisa: 3 notas que nos fazem gritar: EU-ESTOU-VIVO.”
DESENVOLVIMENTO

Agora Coletivo & R.Nott Magazine

Modelo / Atriz / Musa: Ana Ferreira

♦♦♦

Registro fotográfico da peça “Primo amore”

31.03.2017

por Vinicius F. Barth

rafaela.rnott@gmail.com

Bacharel em Pintura pela Escola de Música e Belas Artes do Paraná. Produtora de moda, excêntrica.

Review overview
NO COMMENTS

POST A COMMENT