Revista virtual de arte e cultura

Home / Por aí  / “Serenidade, presença e poesia”, de Hans Ulrich Gumbrecht é o novo título da Relicário que inaugura a “Coleção Estéticas”

“Serenidade, presença e poesia”, de Hans Ulrich Gumbrecht é o novo título da Relicário que inaugura a “Coleção Estéticas”

Inaugurando a nova “Coleção Estéticas” da Relicário Edições, chega aos leitores o título “Serenidade, presença e poesia”, de Hans Ulrich Gumbrecht, que será lançado no Rio de Janeiro com a presença do autor.

Esta coletânea de ensaios, selecionados e traduzidos por Mariana Lage, foram publicados por Hans Ulrich Gumbrecht entre os anos de 1998 e 2015. São importantes textos de sua produção acadêmica, influenciada pelo conceito de “serenidade” de Martin Heidegger. Os textos também expõem a emergência e a ampliação do tema da “produção de presença” no pensamento e na escrita do historiador e crítico literário. Além de Heidegger, estão presentes a influência de Paul Zumthor e a relação de Gumbrecht com a Estética da Recepção, de Hans Robert Jauss, além dos temas da poesia, atenção e experiência estética.

Para os leitores e pesquisadores interessados na “produção de presença”, esses ensaios apontam direções importantes de como o tema se abre e se desenvolve, quais caminhos trilha, quais intuições o alimenta, em que referências bebe. Nesse sentido, a seleção desses ensaios intencionou, ao prover mais referências e fontes, complexificar o entendimento sobre a “produção de presença” além de fornecer pistas numa senda de múltiplos acessos ao pensamento de Gumbrecht.

O livro conta, ainda, com uma entrevista, cedida em abril de 2015 e atualizada em março de 2016, onde Gumbrecht fala dos livros no prelo, das últimas disciplinas lecionadas na Stanford University, da aposentadoria futura (planejada para 2018), além de perpassar temas abordados na seleta de artigos como poesia, presença, a influência de Heidegger em seu pensamento, a importância de Zumthor como interlocutor e a crise das disciplinas Humanas. O livro conta com prefácio de Luiz Costa Lima e texto de orelha de João Cezar de Castro Rocha.

Hans Ulrich Gumbrecht

Sobre o autor:  Hans Ulrich Gumbrecht é um historiador, teórico e crítico literário que transita por áreas como filologia, filosofia, literaturas nacionais e aborda temas como experiência estética, esportes e epistemologia cotidiana.

 

Nasceu na Alemanha do pós-guerra, em 1948. Aos 23, se tornou professor-assistente de Hans Robert Jauss, na Escola de Constança, onde permaneceu entre 1971 e 1974 e concluiu sua Habilitationsschrift em Romanística francesa. Considerado membro da geração mais jovem da Estética da Recepção, criticou as premissas e rompeu cedo com essa vertente literária, desenvolvendo a partir de então uma abordagem não hermenêutica para os estudos literários. Lecionou nas universidades de Bochum e Siegen, na Alemanha, antes de se mudar, em 1989, para a Califórnia, nos Estados Unidos, e assumir a cadeira Albert Gérard de Literatura Comparada na Stanford University.

 

Nos últimos quarenta anos publicou mais de dois mil textos, incluindo livros traduzidos em mais de vinte línguas. Seus títulos mais recentes são Atmosfera, ambiência, Stimmung: sobre um potencial oculto da literatura, Após 1945: latência como origem do presente e Nosso Presente Amplo. Como figura intelectual pública, Gumbrecht participa ativamente da vida acadêmica de diversas universidades como, entre muitas outras, Collège de France, Universidade de Lisboa, Universidade de Manchester e Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio). Desde 1977, Gumbrecht visita o Brasil anualmente proferindo palestras, conduzindo seminários e, mais recentemente, participando de bancas de doutorado.

 

 

Coleção Estéticas: A “Coleção Estéticas”, da Relicário Edições, foi criada para contemplar a  publicação de traduções de livros de Estética/Filosofia da arte e áreas afins, de modo a suprir a carência de textos de referência de autores estrangeiros em língua portuguesa. “Serenidade, presença e poesia”, de Hans Ulrich Gumbrecht é o primeiro livro da coleção, que será seguido por “Musica Ficta”, do filósofo francês Philippe Lacoue-Labarthe.

 

 

Ficha técnica:

 

Serenidade, presença e poesia
Autor: Hans Ulrich Gumbrecht
Tradução e seleção: Mariana Lage
Prefácio de Luiz Costa Lima e texto de orelha de João Cezar de Castro Rocha
180p.| 2016 | 14 x 21 cm
ISBN: 978-85-66786-44-6
R$ 40,00

vinicius.rnott@gmail.com

Doutorando em Estudos Literários pela UFPR. Tradutor. Estudante da literatura grega antiga. Autor de artigos científicos que ninguém nunca vai ler. Escritor. Autor do livro de contos 'Razões do agir de um bicho humano', publicado pela Confraria do Vento em 2015. Curioso do desenho e da fotografia. Nunca um entusiasta.

Review overview
NO COMMENTS

POST A COMMENT